Feliz Natal e um Próspero Ano Novo

Feliz Natal

Com a chegada de mais um final de ano e do Natal, nós gostaríamos de agradecer a cada um de vocês que nos prestigiaram com sua visita e comentários, desejando a cada um um FELIZ NATAL e um PRÓSPERO ANO NOVO.

Aproveitamos para trazer a você algum conhecimento sobre essa época do ano que é mágica, pois transforma corações e junta as pessoas nas confraternizações, seja com os colegas do trabalho, da igreja, amigos de longas datas, mas que não se vêm há algum tempo e, principalmente, no dia 24 de dezembro, quando as famílias se reúnem para confraternizar.

A canção mais antiga, pelo menos aqui no Brasil, é “Noite Feliz”. Com a letra do padre Joseph Mohr e a música de Franz Xaver Gruber, essa canção foi traduzida do alemão para, além do Português, diversos outros idiomas.

Seja muito bem-vindo!

ObrigadoOlá!

Seja muito bem-vindo ao blog do Acervo Ceará Cultural. Este blog foi criado para divulgarmos Eventos e outras novidades relacionados ao maior portal de divulgação da cultura do Ceará e do povo cearense.
Será também aqui, que você poderá interagir dando sua opinião sobre o conteúdo e outros assuntos sobre o portal como sugestões, críticas e pedidos relacionados ao Acervo Ceará Cultural.

Abracadabraço

 

Utopia de Domingos Bons

Roberto Carlos

Quando, aos domingos a noite, estão todos assistindo a “Ridícula Dança dos Famosos”, eu prefiro assistir a um bom filme. Um filme que me traga paz, pois já vivemos uma guerra civil onde só os blindados sobrevivem com tranquilidade. Falo dos que, ao legislarem em causa própria, acabam beneficiando, indiretamente, seus pares. Continue lendo “Utopia de Domingos Bons”

Sertanejo: Gosto não se discute

Sertanejo Universitário

Nesse ponto, sou sincero: gosto não se discute! Porém, certos gostos me deixam estarrecido. Sem trocadilho, “Não vou negar”, que logo quando o ritmo sertanejo começou a ficar popular, cheguei a acrescentar algumas músicas desse gênero ao meu repertório, algumas delas por sugestões e pedidos de amigos que faziam parte dos nossos sarais musicais. Continue lendo “Sertanejo: Gosto não se discute”